Pianista Pablo Rossi apresenta concerto beneficente ‘Iluminuras’ em Florianópolis

Com composições de Frédéric Chopin e intervenção artística por Sandra Ferreira de Mello, espetáculo beneficente “Iluminuras” acontece dia 27 de abril, às 20h, no Teatro Ademir Rosa, no Centro Integrado de Cultura (CIC), em Florianópolis.

Considerado pela crítica especializada um dos mais importantes nomes da nova geração de pianistas brasileiros, com uma brilhante carreira em palcos nacionais e internacionais, Pablo Rossi retorna a Florianópolis com o espetáculo beneficente “Iluminuras”. Por meio da união de diversas expressões artísticas, como a música, as artes plásticas e a literatura, o espetáculo também convida o público a refletir sobre temas importantes, como a sustentabilidade. A apresentação é gratuita mediante doação de um quilo de alimento, que serão entregues ao Asilo Irmão Joaquim. As entradas devem ser retiradas pela Blueticket.

Iluminura era a denominação do delicado trabalho de pintura utilizado para adornar os textos eclesiásticos no período medieval. De extrema beleza artística, ornamentava os pergaminhos com materiais como o ouro ou a prata, verdadeiras joias artísticas, assim como as miniaturas para piano do compositor polonês Frédéric Chopin. Foi também o título utilizado pelo escritor francês Arthur Rimbaud para cunhar uma de suas coletâneas mais aclamadas de poemas – alguns deles serão declamados durante o espetáculo. Por meio da união entre essas diferentes expressões artísticas, Iluminuras convida a uma reflexão sobre luz e sombra.

“Não há iluminação sem escuridão. Notável pela sua delicadeza e refinamento, mas também pela sua tempestuosidade e dramatismo, Chopin encarnou na sua música sombra, mas também a luz. Através desse jogo de “chiaroscuro”, onde o clarão e a escuridão se confundem, sua música nasce para iluminar a alma humana. Som, palavra e luz se unem para transportar a plateia numa experiência, por vezes introspectiva e intimista, por outras sagaz e implacável”, comenta Pablo Rossi.

A brincadeira do claro e do escuro também estará presente no cenário assinado pela artista plástica Sandra Ferreira de Mello, com galhos secos recolhidos da natureza, e que convidam o público a pensar sobre a importância da preservação e da preocupação sobre o futuro do planeta. “Dramatismo, introspecção, luzes e sombras transportam o público para um clima de delírio imaginário que se funde ao lirismo do poeta do piano, Frédéric Chopin”, adianta Sandra Ferreira de Mello.

Para o pianista Pablo Rossi, a cultura não pode ser apenas entretenimento, tem que entregar uma mensagem, tem que ir além. Ao homenagear dois artistas da época do Romantismo, quando o indivíduo, com seus sofrimentos e conflitos internos, era considerado o centro do universo, o pianista faz uma provocação:

“Hoje, o artista já não tem mais essa necessidade de trazer na sua arte algo que evoque essa luta interna do ser, pelo contrário, trazemos temas atuais e conscientizamos a plateia sobre questões mais amplas. Antes, o indivíduo era o centro da produção artística, e os artistas tentavam iluminar as pessoas por meio da arte para elas encontrarem sua essência. Hoje, é para que elas reflitam e se conscientizem sobre questões importantes do mundo”, finaliza.

Indicação ao Grammy – Recentemente, Pablo gravou com o violinista Emmanuele Baldini a “Integral das Sonatas para Violino e Piano de Villa-Lobos” para o selo internacional Naxos, álbum que tem sido reconhecido pela crítica especializada internacional. Também ganhou a “escolha do editor” da BBC Music Magazine, como a melhor gravação de música de câmara. A obra foi indicada ao Grammy Latino 2022, como “Melhor Álbum de Música Clássica”.

O espetáculo faz parte de uma série de concertos intitulada “Concertos Promenade”, projeto cultural (PRONAC 172271) aprovado pelo Ministério da Cultura, por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

Repertório:

FRÉDÉRIC CHOPIN (1810-1849)

– Valsa op. 69, no. 1 (“Valsa do Adeus”)
– Valsa op. 64, no. 2
– Balada No. 1 em Sol Menor, op. 23
– 6 Estudos op. 10
– Polonaise op. 53 (“Heroica”)

Entrada gratuita com a doação de 1kg de alimento não perecível. Ingressos no site Blueticket.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *