Pesca artesanal da tainha é tema de exposição fotográfica na Biblioteca Pública de SC

A Biblioteca Pública de Santa Catarina (BPSC) recebe de 26 de junho a 24 de julho a exposição “O dia que deu peixe”, de Sérgio Giron, que retrata imagens da pesca artesanal em Florianópolis. A visitação é gratuita e fica aberta ao público de segunda a sexta-feira, das 8h às 19h, no hall de entrada da Biblioteca.

A exposição fotográfica é uma narrativa visual que rememora e procura deixar vivo na história o dia em que mais peixes foram capturados em um lanço na praia do Campeche, em Florianópolis. Em 28 de junho de 2018, a canoa “Carrochinha”, do antigo rancho do seu Chico, hoje rancho do Fábio, capturou 6.620 tainhas sob o comando do patrão Amilton. Uma data histórica para aqueles que cultivam e mantêm a tradição da pesca artesanal.

Alegria e felicidade estão nos rostos de todos que participaram desta histórica jornada e foram retratados por Giron: patrão, remeiros, chumbeiros, camaradas e população que esteve presente em algum momento deste dia em que, devido à quantidade de peixes, a pescaria durou das 10h até perto das 22h. A exposição procura contribuir para a preservação da memória e a valorização desta importante atividade pesqueira artesanal da cidade de Florianópolis.

Serviço:

O quê: Exposição fotográfica “O dia que deu peixe”, de Sérgio Giron
Local: Biblioteca Pública de Santa Catarina
Rua Tenente Silveira, 343 – Centro – Florianópolis
Visitação: de 26 de junho a 24 de julho de 2023. De segunda a sexta-feira, das 8h às 19h.
Entrada gratuita

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *