Fundação Cultural de Lages inova em período de isolamento social

O hall da Fundação Cultural de Lages (FCL) é um dos espaços oferecidos para a exposição de artes visuais na cidade. Com a atual crise causada pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19), eventos presenciais como este foram cancelados temporariamente, e quase todo o cronograma de exposições de 2020 não poderá ser cumprido na sua totalidade.

Ao pensar em uma solução prática e abrangente, o curador de exposições da FCL, Celso Cruz, fomenta a disponibilização online de fotos de exposições realizadas no hall da Fundação Cultural de Lages desde o ano de 2011 até a última realizada em 2020. “Vamos postar imagens dessas exposições em álbuns da nossa página no Facebook, no Instagram e em breve no site da FCL. O objetivo é oportunizar que as pessoas possam conhecer o trabalho de muitos artistas que realizaram suas mostras na Fundação Cultural”, salienta Celso.

Exposição atual de Graziella Coelho Vieira e Maronil Marcos Martins

Graziella Coelho Vieira é natural de Balneário Camboriú-SC, nascida em 1982. Porém desde 1986 mora na cidade de Lages -SC. Sua produção artística começou na adolescência, entre desenhos e pinturas, seus trabalhos começaram a ter cunho ideológico e de estudo. No ano de 1999 Graziella foi morar na cidade de Curitiba, a qual ficou por 6 anos. Participou de escolas de arte e cursou durante três anos Artes Visuais na Faculdade de Artes do Paraná. Em 2005 Graziella retornou a cidade de Lages para concluir seu curso na Universidade do Planalto Catarinense. Sua obra é inspirada na psicodelia dos anos 60 e 70, nos artistas impressionistas, pop e pop arte.

Maronil Marcos Martins, nascido em Lages, Santa Catarina, em 1961, é um artista surrealista brasileiro. Inicialmente Bombeiro militar, que em decorrência das tragédias, incêndios e acidentes vivenciados começou a fazer arte surreal. Entre seus temas preferidos no surrealismo estão: loucura, limbo, filogenia e demonologia

As fotos das exposições são publicadas na página do Facebook da Fundação Cultural de Lages e também no Instagram. Segundo Celso, a cada semana, um álbum de fotos de um artista diferente será disponibilizado, e em breve todas as exposições estarão no site da Fundação Cultural de Lages.

Fonte: Fundação Cultural de Lages

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *